Sexta-feira, 27/05/2001 | 11h15
Quanta doideira: quem entenderá?
.
Confesso, tem-me sido estafante tentar compreender – e juro, tenho tentado – os rompantes de desamor explícito tungados publicamente entre os governistas com a própria turma! O “fogo amigo” ser-nos-ia – uso a mesóclise em apreço a culta secretária Eloisa Galdino, a quem cito mais adiante nesta querela – indiferente, não fosse atirado pela turma do andar de cima, os chefes do negócio. E não pela ralé vermelha, como antes!
Em seu Twitter, o secretário de Comunicação da Prefeitura de Aracaju, jornalista Marcos Cardoso (@MC_Jornalista), na ânsia de divulgar os feitos da gloriosa e operosa administração comunista, diz: “A PMA investe 19,7% da receita corrente líquida na Saúde. Quando Marcelo Déda (@MarceloDeda) e Edvaldo Nogueira (@EdvaldoNogueira) chegaram, eram apenas 3%.” Vale recodar, antes deles, quem comandava o “negócio” era João Augusto Gama, aliado do governo e secretário demitido do Turismo sob a alegação de “contenção de despesa”.
Atribuída ao próprio Edvaldo Nogueira, outra frase postada também no Twitter de Marcos Cardoso evidencia, no mínimo, mais pedradas nos aliados: “Hoje, o secretário municipal da Saúde (o vice-prefeito Sílvio santos, do PT) movimenta mais do que todo o orçamento da PMA em 2001.” Estranho, pois bate de frente com Jackson Barreto, atual vice-governador, aliado eterno de Marcelo Déda e cabo eleitoral de luxo de Edvaldo Nogueira. Antes de ajudar a eleger a citada turma, a partir de 2000, JB fez prefeito João Augusto Gama (1997/2000), de quem era fiador e parceiro político...
Na mesma linha, a ex-secretária estadual de Comunicação, Eloisa Galdino (2007/08), imiscuída que já foi com a propaganda das gestões de Marcelo Déda desde a Prefeitura de Aracaju, admitiu que a capital sergipana não está preparada para as chuvas e apresentou seu diagnóstico:
A cidade toda sofre, é verdade, mas principalmente as comunidades dos bairros que possuem ainda menos estrutura para suportar. A Treze de Julho tem estrutura vertical, mas pense a situação dos bairros da zona norte e do Santa Maria, por exemplo. Isso significa que a cidade cresceu sem as obras estruturantes que precisava. E continua acontecendo, é só olhar a zona de expansão.”
A atual douta secretária estadual de Cultura foi obrigada, ainda não se sabe em que nível, a desculpar-se através do Twitter, plataforma usada para expor sua incômoda eloquência. Disse ela:
Fiz uma análise de todos esses anos e do descaso desses que agora querem salvar Aracaju. Agora, vem esse povo – 'esse povo' sou eu! – deturpar o uso que fiz do Twitter. Ora, é fato que precisamos de obras estruturantes, mas elas já foram captadas pelo grupo que administra Aracaju desde 2002, e não há 20 anos...” Resumo: na emenda do soneto, também ela meteu o malho em Jackson Barreto e Almeida Lima, aliados do PT, inclusive em nível nacional. Vá entender...
Por outro lado, na briga midiática entre as facções no poder, a disputa pública do atual mandatário de Aracaju e o padrinho fez muita gente imaginar o rompimento entre Edvaldo Nogueira e Marcelo Déda. No mês de aniversário dos 159 anos de Aracaju, a propaganda da prefeitura, a comemorar a data, tinha enfoque, no mínimo, pouco amigável com o governador. Dizia que “jamais se fez por Aracaju, como nos últimos cinco anos”.
Pretensiosa na essência, tinha ainda o demérito de equiparar Marcelo Déda ao apadrinhado, com prejuízo claro à imagem do governador. Veio o PT com suas inserções de RTV para contestar, dizendo-se o verdadeiro autor das tais “transformações e realizações”, que teriam tornado Aracaju a “capital da qualidade de vida” – aliás, hoje, então, não mais seria?
Enfim... talvez esteja certo um ex-petista de alto coturno, o caro Nilson Lima, que cunhou uma frase lapidar: "Nunca se DESFEZ tanto em Aracaju como nos últimos cinco anos." Eu diria mais, até ajudado pela secretária Eloisa Galdino: nunca se DESFEZ tanto em Aracaju como nos últimos dez anos...

.

Quarta-feira, 25/05/2001
Entrevista na Jovem Pan FM
.
Ouça entrevista com o poeta Araripe Coutinho, hoje pela manhã na Jovem Pan FM, com Rosalvo Nogueira e Paulo Souza. Também fui ouvido, e dei minhas impressões sobre as polêmicas fotos do artista e acerca da reação extemporânea do Governo de Sergipe, que através de assessores, abusou da mentira e da calúnia para evitar, não se sabe ainda porquê, admitir que as fotos do nu no Palácio-Museu Olímpio Campos foram feitas, sim, ainda na primeira gestão de Marcelo Déda (2007/10). Ouça-mo-la...

video

.
. Terça-feira, 24/05/2011 | 14h30
Eloisa Galdino admite incompetência
.
O inconsciente por vezes nos trai. Talvez tenha sido por conta desta antiga máxima que a secretária estadual de Cultura, Eloisa Galdino, tenha hoje, após a enxurrada nas ruas de Aracaju, feito considerações por demais verdadeiras acerca das administrações que tem servido.
Através do Twitter (veja quadro abaixo), a ex-secretária estadual de Comunicação (2007/08), imiscuída que já foi com a propaganda das gestões de Marcelo Déda desde a Prefeitura de Aracaju, admitiu que a capital sergipana não está preparada para as chuvas e apresentou seu diagnóstico:
“A cidade toda sofre, é verdade, mas principalmente as comunidades dos bairros que possuem ainda menos estrutura para suportar. A Treze de Julho tem estrutura vertical, mas pense a situação dos bairros da zona norte e do Santa Maria, por exemplo. Isso significa que a cidade cresceu sem as obras estruturantes que precisava. E continua acontecendo, é só olhar a zona de expansão.”
Tamanha transparência traduz o sentimento geral da comunidade. Contudo, ninguém esperava que uma petista do primeiro escalão do governo Marcelo Déda pudesse admiti-lo de público sem pejo. De fato, Aracaju sofre justamente pelo que o Partido dos Trabalhadores NÃO fez.
Para completar, além do PT nada ter feito – sobretudo como diz a própria Eloisa Galdino, na Zona de Expansão da cidade –, o prefeito indicado por Marcelo Déda, Edvaldo Nogueira, segue na mesma linha. Ou seja, por quase uma década fomos todos enganados por esta turma!
A inusitada coragem de Eloisa Galdino ao criticar Marcelo Déda e Edvaldo Nogueira prova que, quando se quer, absolutamente nada pode impedir que se admita a mais cristalina das verdades, por dolosa que seja! Espero que a secretária não seja rifada por ter sido tão eloquente...
.

...
Domingo, 22/05/2011 | 12h00
Quando uma piada precisa ser explicada...
...
Permita-me o leitor trazer à voga este tema, já bastante batido. Mas quando uma piada precisa ser explicada, estamos num “estado” sem humor ou cercado de idiotas, cuja “consciência coletiva” parece ter sido obnubilada pelo efeito alucinógeno provocado pelos cargos comissionados.
Tudo começou em 13/05, quando várias pessoas receberam um email sob o título “Ensaio sensual de Araripe Coutinho! Onde?”, distribuído por Sales Neto, adjunto da Secretaria Estadual de Comunicação. Claro, as fotos chamaram a atenção pelo inusitado: o nu “artístico” do despachado poeta, nas dependências do hoje Palácio-Museu Olímpio Campos.
A brincadeira entre amigos, cujas fotos serviram para boas gargalhadas, tiveram de mim um outro enfoque, por ocasião do aniversário de um ano do Palácio-Museu. Fiz delas uma novela. Uma foto-piada com requintes de sátira e tragédia... Como realizado com outros temas! Meu proveito, contudo – não obstante a distribuição das fotos via email –, levou os governistas à fúria.
Na sexta-feira 20/05, Araripe Coutinho era uma celebridade. Entrevistas em rádio e televisão tentavam explicar aos aturdidos sergipanos como alguém pode posar nu num prédio público. O próprio poeta revelou, inicialmente, que a locação havia sido usada ainda na segunda gestão de Albano Franco (1998/2002), “para produzir fotos que ilustrariam um livro futuro”.
Em meio à polêmica, o chefe da Casa Civil do Governo de Sergipe, Jorge Alberto, anunciou a abertura de sindicância interna e o encaminhamento das fotografias e textos retirados das redes sociais à Procuradoria Geral do Estado para “apurar responsabilidades e estabelecer procedimentos a serem adotados”. A temperatura subiu ainda mais...
Araripe Coutinho, não se sabe a verdadeira razão, mudou, então, a data de realização das fotos: “Gente, me enganei; foi no governo de João Alves Filho, em 2005.” Uma simples piada, sem qualquer conotação política, ganhou ares de “ataque injusto ao governo do PT promovido pela energúmena oposição, sempre ávida por criar estúpidos factóides”.
A questão é: Sales Neto, pela posição que hoje ocupa, apesar de ter sido compincha do governo JAF, distribuiria fotos para prejudicar a quem serve? Apenas a redonda “ogonoranssa” dos governistas não enxerga que “tudo era apenas uma brincadeira e foi crescendo, crescendo...”.
Até o inocente Sales Neto tratou de fazer-se de Malaquias, vindo ele próprio a atacar “a oposição” pela maledicência – veja abaixo opiniões dele, e de outros fagueiros governistas, sobre mais esta “ação nefasta” de quem dia e noite sonha  com o prejuízo moral da gestão Marcelo Déda.
Enfim, a piada do nu de Araripe Coutinho virou uma grande “ação politiqueira” contra o Governo de Sergipe, que comemorava a reforma do palácio e a instalação do Palácio-Museu. Mas, como as fotos “foram feitas no governo de João Alves Filho”, passaram todos da indignação ao alívio. Afinal, imaginem se tivessem elas sido tiradas nesta gestão? Seria A Tragédia... (eheheheh)!
....
.....................
Rápido PS – Apesar de a Casa Civil informar “que uma análise preliminar mostra que as fotos do jornalista Araripe Coutinho teriam sido tiradas antes da criação do Palácio-Museu Olímpio Campos”, o que é verdade, uma outra análise pode ser dolorosa aos governistas.
Talvez pressionado (ou mesmo, quem sabe, apostando numa recompensa mais adiante), Araripe Coutinho mudou a data das fotos. Evidências, no entanto, mostram que o poeta está, digamos, equivocado! – detalhe: ele foi, há cerca de três meses, exonerado de cargo comissionado na Casa Civil do governo estadual; a divulgação das polêmicas fotos no próprio Facebook teriam sido uma pequena vingança? Mudar a data das fotos seria algum tipo de “contradição planejada”, para evitar “problemas” futuros.
...
  • Abaixo, veja quadro que prova o “equívoco” de datas do poeta.
  • Veja ainda a foto-piada feita por mim, sucesso #TopTrendsBrasil no Twitter: http://twitpic.com/4zsenv
  • Veja também as opiniões dos governistas acerca desta polêmica!
Como se vê acima, a mentira tem madeixas longas...

 



Servidor no governo de JAF, Sales Neto jamais trairia quem lhe deu guarida no PT –creio eu!




Babacas para Sílvio Santos são os que não estão no Bau da Felicidade governista








O vasto cabedal cultura da secretária Eloísa Galdino não lhe permite admitir a sátira (alheia)






Comissário da Segrase, o professor Olivra-Me só admite o riso no recato do lar







Proprietário de um andar inteiro no SergipeTec, Jorge Santana é só sorrisos